Como ter um dia superprodutivo

Parece não haver volta a dar: o mundo do trabalho exige velocidade e multitasking. Há tanto para fazer, e com tantas distrações a acontecer ao nosso redor, pode ficar complicado manter o foco e a concentração.

Além disso, quantas mais horas nos forçarmos a trabalhar, mais cansados e stressados ficamos, o que irá naturalmente afetar a produtividade. Neste sentido, há que remar contra a maré que a maioria parece seguir (felizmente, há cada vez mais pessoas a fazer “quiet quitting”), para conseguir um dia produtivo sem ter que fazer noitadas no escritório.

 

Organização é superprodutividade

O ponto prévio, aqui, é a organização. Se és daquelas pessoas desorganizadas por natureza – se é que isso existe -, se andas sempre à procura das coisas, então fica aqui a dica para ti: o tempo que passas à procura e a tentares uma organização dentro do caos, podia estar a ser usado para fazeres uma pausa. Por maior esforço que envolva, só tens vantagens em ser o mais organizado possível, desde a secretária ao ambiente de trabalho do computador. Quando te organizares, tudo irá fluir muito mais facilmente.

 

Dicas para o dia a dia

– Para teres um dia superprodutivo, deves iniciá-lo com tempo, para fazeres o que tens para fazer, seja correr, levar os miúdos à escola ou apenas tomar o pequeno-almoço com calma. Se o fizeres sem atrasos, começas logo sem gastar as energias com irritações evitáveis;
– No início do dia, faz uma checklist das tuas tarefas, numa agenda, bloco de notas ou o que preferires, de maneira a não te esqueceres de nada e… para manteres a organização;
– Define metas, prazos e prioridades, para teres a certeza de que consegues fazer o máximo possível, o melhor possível, sem exceder o tempo. Mas tem cuidado para não ultrapassares a barreira da ansiedade, por não cumprires alguma coisa;
– Cria pequenas metas e recompensas. Por exemplo, “se acabar uma tarefa, consigo depois ter tempo para um café, para ir almoçar”, etc.;
– Não faças várias coisas ao mesmo tempo: se estás a trabalhar, trabalha; se vais perder 5 minutos a fazer scroll nas redes sociais, então estabelece esses 5 minutos. Acaba uma coisa para começares a outra;
– No seguimento do ponto anterior, fica focado no que estás a fazer, para poderes terminar o mais rápido possível e, sobretudo, para fazeres o melhor trabalho possível. Dentro dos limites da boa educação, faz com que os teus colegas ou chefes entendam que a tua produtividade é afetada se houver constantes interrupções. E isso é conseguido com a demonstração de resultados.

 

Ter um dia superprodutivo parte sobretudo de ti e daquilo em que tens controlo!

Conteúdos neste artigo

Artigos Recentes

> Como criar uma newsletter Ver Mais
> 5 mitos sobre E-mail Marketing Ver Mais
> Top 10 melhores ferramentas de e-mail marketing Ver Mais
Partilhe este Artigo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn