Por onde deves começar a tua carreira em marketing digital?

Por muita formação que tenhas (e nada contra isso, pelo contrário), a melhor maneira de saberes o que fazer é no gerúndio: fazendo! E só vais aprender se fizeres. Portanto, para iniciares a tua carreira em marketing digital, tens de fazer. Experimentar. Pôr as mãos na massa, para saberes se é este o teu caminho. Mas tens de o percorrer.

Já é um cliché dizer-se que o marketing digital é “um setor em constante mudança” – como são quase todos os setores, atualmente -, mas sim, a verdade é que é um mercado de trabalho em que a atualização é contínua e necessária, pelo que se torna ainda mais fundamental que estejas no terreno, a praticar.

Pela minha experiência, há 4 opções distintas para começares a tua carreira em marketing digital. O objetivo aqui é apresentar-te as opções, não é dizer qual a melhor ou a pior, porque isso vai depender dos teus objetivos.

 

Agência

Em ambiente de agência, a aprendizagem é mais rápida, porque acabas por passar por diversas funções, mesmo que depois te especializes em alguma delas. Derivado disso, a ascensão dentro da própria empresa também tem tendência a ser mais rápida. Pela partilha entre colegas e pelo contacto com diversos clientes (de áreas diferentes, dependendo das agências), vives experiências que são mais condensadas no tempo. Pelas características do trabalho de agência, há tendência para haver maior stress e maior carga de trabalho.

 

Empresa sem departamento de marketing

Neste contexto, começas por ser o “bombeiro de serviço”, porque não há pessoas, processos ou padrões anteriores que te possam servir de base. Por outro lado, tens maior autonomia técnica para iniciares os processos de marketing digital, o que te pode dar maior projeção profissional. No entanto, essa autonomia é cortada pelo facto de as decisões estarem centradas na gestão da empresa, além de não teres o suporte técnico que terias numa agência ou numa empresa que já tenha um departamento de marketing.

 

Empresa com departamento de marketing

Começares o teu caminho no marketing digital por um departamento de marketing de uma empresa é uma hipótese que fica entre as duas opções anteriores. Acaba por ser a opção mais equilibrada, no sentido em que já tens as bases de um departamento que é suposto já estar consolidado e que te dá hipótese para teres maior projeção. No entanto, o crescimento profissional tende a ser limitado, porque estás a trabalhar apenas a marca daquela empresa.

 

Freelancer

Dentro dos caminhos convencionais do marketing digital, ser freelancer é o mais “fora da curva”. Se é verdade que tens autonomia total, liberdade de horários e liberdade de escolher clientes, também é verdade que tens de ter uma capacidade de organização e de resiliência acima da média, até conseguires estabelecer uma carteira de clientes estável e rentável, bem como para teres os primeiros trabalhos e ires construindo o teu portefólio. Aqui, entram também em jogo as tuas capacidades comerciais, porque sem networking não é possível fazeres uma carreira a solo.

Os dados estão em jogo, cabe a ti escolher por onde queres começar a tua carreira em marketing digital!

Conteúdos neste artigo

Artigos Recentes

> Como criar uma newsletter Ver Mais
> 5 mitos sobre E-mail Marketing Ver Mais
> Top 10 melhores ferramentas de e-mail marketing Ver Mais
Partilhe este Artigo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn